sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Encontro com o Guri de Uruguaiana (POA, 19 de setembro de 2010).

No último domingo, dia 19 de setembro, eu estava visitando o "brick" da Redenção, que é uma espécie de mercado das pulgas no Parque da Redenção, em Porto Alegre, onde você pode encontrar das mais variadas raridades, desde sabres usados na Guerra do Paraguai até o nº 23 da série do Wolverine, em "formatinho", da Editora Abril. 


Enquanto pechinchava uma série de raridades, das quais comprei apenas algumas moedas, minha excelentissíma esposa liga avisando que o Guri de Uruguaiana estava, quase naquele exato momento, lançando e autografando seu livro “Os causos do Guri de Uruguaiana”, juntamente com o DVD de mesmo nome, no Acampamento Farroupilha do Parque da Harmonia.


Então, sem pensar mais do que duas vezes, corri para lá fazer minha parte de fã e apertar a mão e parabenizar esse humorista que tantas alegrias nos trás.


Chegando no Acampamento Farroupilha, encontro uma muvuca daquelas no piquete do IGTF (Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore). Logo na entrada encontrei ninguém menos que o Licurgo, o Gaúcho Emo (claro que ele estava protegido por sua identidade secreta), oferecendo alguns exemplares do livro.


Eu, no momento, tinha apenas R$ 2,00 na carteira, e nessa hora me perguntei de que vale ter uma carteira da Mont Blanc original e andar apenas com essa miséria.


Por sorte, após ouvir a triste história de como eu havia saído de Joinville e ido para no "brick", e depois no piquete do IGTF apenas para ver o Guri de Uruguaiana e comprar os livros, o Licurgo, muito comovido, falou que aceitaria um cheque, apenas por eu ser de tão longe. 


Dessa forma eu comprei um livro e um DVD (na verdade não comprei os dois logo de cara, mas vamos deixar assim) e fui para a fila de autógrafos.


Quando chegou minha vez, fui logo falando para o Guri que eu era o presidente do Fã Clube do Guri de Uruguaiana, o que o deixou muito comovido, tanto que ele pediu para que eu não revelasse que o tal fã clube era composto apenas por mim, Andrézinho e Fábio (aquele gremista esperançoso e o único desses pagos que tem música do Mano Lima no I-Pod). 


Sobre as obras:


O livro “Os causos do Guri de Uruguaiana” foi redigido de forma magistral pelo jornalista Gustavo Cunho, com base nas impagáveis histórias do humorista Jair Kobe, que, para quem ainda não sabe, é a identidade secreta do Guri de Uruguaoiana, e ilustrado brilhantemente pelo ilustrador Sergio dos Santos Jr. É um livro excelente para quem quer rir enquanto aprende sobre a cultura, os costumes, o povo e a história do Rio Grande do Sul.


O DVD é o hilário show que tem conquistado as platéias do Rio Grande e Santa Catarina (até onde eu sei), com os grandes causos e uma entrevista imperdível com o Daniel Torres. Diversão garantida para todas as idades e afinidades. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário